Davi Maia denuncia crime cometido pela Casal, em Santana do Ipanema

Davi Maia denuncia crime cometido pela Casal, em Santana do Ipanema

——-

Nesta sexta-feira (11), o deputado estadual Davi Maia (DEM) denunciou, em suas redes sociais, um crime ambiental cometido pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal). A empresa estaria despejando esgoto no Riacho Camoxinga, em Santana do Ipanema, sertão do Estado.

“Mais um grave crime ambiental cometido por essa empresa. Não basta jogar o esgoto nas praias de Macéio, agora a Casal despeja esgoto no Riacho Camuxinga e no Rio Ipanema que são afluentes do Rio São Francisco. Até quando iremos conviver com esses crimes praticados pela Casal?”, indagou o parlamentar.

Maia encaminhou denúncia para os Ministérios Públicos Federal e Estadual, e para o Instituto do Meio Ambiente, para que o caso seja apurado.

Na denúncia, o deputado  repercutiu um vídeo gravado pelo vereador Marciano do Couro (PPS), que, após denúncias de mau cheiro, visitou a Estação de bombeamento da Casal no Riacho e constatou o crime.

“A  comunidade paga 80% de taxa de esgoto para que ele seja jogado no Riacho. Será que isso é justo? Isso é um absurdo, um crime contra o meio ambiente e contra a população”, disse no vídeo o vereador.

Crimes ambientais

Em 2016, a Casal já havia sido condenada pela Justiça Federal pelo lançamento irregular de efluentes no mar de Maceió. No ano passado, Maia também denunciou o despejo irregular de esgoto entre as praias de Ponta Verde e Jatiúca.

Compartilhe:

Deixe uma resposta