Comissão Parlamentar Interestadual apura golpe dos respiradores – Alagoas é vítima

Uma iniciativa inédita acontece no Nordeste em tempos de pandemia: 26 deputados de 10 partidos de nove estados criaram uma CPI (Comissão Parlamentar Interestadual) para apurar o destino de R$ 48 milhões pagos à empresa HempCare, pela compra de 300 respiradores vindos da China – que não chegaram.

Todos os estados da região foram vítimas do golpe, segundo a Polícia da Bahia, que foi acionada para investigar o caso.

Aliás, o governo da Bahia teve o maior prejuízo: R$ 9,6 milhões, que pagariam 60 respiradores (os outros estados ficariam com 30 cada um).

Em nota, os parlamentares do DEM, PSL, PTB, PSDB, MDB, PSC, PSB, PV, SD e Cidadania afirmam que o objetivo da CPI é “esclarecer a questão dos respiradores, como também buscar mais transparência na divulgação das ações do Consórcio Nordeste.”

Segundo eles, “o Consórcio não possui Portal de Transparência e não divulga oficialmente as despesas e as informações públicas sobre sua estrutura administrativa e suas contratações, o que é uma nítida violação às disposições constitucionais da publicidade e transparência.”

Três pessoas já foram presas pela polícia baiana, mas o dinheiro, quem viu?

Veja matéria completa aqui

Compartilhe:

Deixe uma resposta