GAZETAWEB: Deputado quer convocar secretária de Educação para dar explicações na ALE

GAZETAWEB: Deputado quer convocar secretária de Educação para dar explicações na ALE

CONFIRA A MATÉRIA ORIGINAL CLICANDO AQUI

Laura Souza teria culpado os professores da rede pública pelo baixo engajamento dos alunos em aulas on-line

Nesta sexta-feira (14), o deputado estadual Davi Maia (DEM) apresentou um requerimento na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) com o objetivo de convocar a secretária de Educação do Estado, Laura Souza para que explique a postura adotada durante uma reunião virtual com professores, na qual ela teria cobrado deles o engajamento dos alunos nas atividades on-line realizadas durante o período de pandemia. Durante o encontro virtual, ela também terai feito ameaças aos monitores da rede pública de ensino, conforme denunciou o Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal). Parte da reunião foi gravada pelos participantes. 

“O vídeo que circula mostra como a situação é absurda e fica claro o total despreparo para o cargo e o desconhecimento da realidade não só de milhares de alunos, como também de professores que estão há meses fazendo o impossível sem qualquer auxílio do Governo”, afirma o parlamentar.

O vídeo mostra um trecho da reunião entre a secretária e professores para discutir a baixa participação de alunos em aulas on-line por causa da pandemia. No vídeo, ela diz que “o mais importante não é a aprendizagem” e “sem alunos, não há porque existir contrato temporário [com professores]”.

“Além de absurda, a fala proferida na reunião é ofensiva, desproporcional e incabível. A gestora tenta transferir indevidamente a responsabilidade e os problemas da gestão da educação durante a pandemia para os professores, que não merecem a culpa da desorganização gerada pelo Estado”, afirma.

O requerimento também foi enviado à Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Turismo da ALE e deve ser lido em Plenário e votado pelos demais parlamentares. 

Caso aprovado, a secretária será convocada a comparecer na ALE para dar explicações sobre o ocorrido.

Compartilhe:

Deixe uma resposta