Covid-19: Davi Maia reforça denúncias contra o Lacen

Covid-19: Davi Maia reforça denúncias contra o Lacen

O deputado estadual Davi Maia (DEM) apresentou novas provas sobre os casos de ingerência e nepotismo no Laboratório Central (Lacen). Os documentos foram apresentados durante um discurso na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), nesta terça-feira (5). 

As novas provas trazem imagens dos familiares participando de diversas reuniões, comitivas, na inauguração do Hospital da Mulher e, até, prática do zumba em uma das salas do Lacen. 

“Já que o Governo entende tanto de Instagram, por que não verifica essas denúncias nos perfis dessas pessoas? E, o mais importante, por que essas pessoas continuam trabalhando no local?”, questionou. 

Além disso, o parlamentar também adicionou novos emails da Assessoria Técnica do Lacen solicitando a aquisição de novos testes e informando que não haviam kits disponíveis para todos. 

Um trecho dos e-mails diz: “Estamos sem kits para testar as amostras. Solicitamos previsão de recebimento da nossa remessa, assim como a quantidade que será disponibilizado para a organização dos serviço”.

O deputado também reforçou que equipamentos defeituosos causaram a perda de exames de coronavírus. E também cobrou uma portaria com critérios objetivos para definir a lista de prioridades nos exames de Covid-19. 

“Mesmo dois meses depois do primeiro caso suspeito, um mês do primeiro confirmado, 18 dias após o governador anunciar 960 kits e 6 dias depois do primeiro óbito, o Lacen não estava devidamente preparado para atender a população” conclui.

Compartilhe:

Deixe uma resposta