ALE passa a convidar gestores para esclarecimentos

quinta-feira, 15 Agosto 2019 - 14:16
ALE passa a convidar gestores para esclarecimentos

Confira a matéria aqui

De maneira pioneira, a ALE começou a convidar gestores para esclarecimentos. Começando pelas concessionárias de serviços. Convidamos Casal e Arsal para explicar os aumentos na tarifa; e Equatorial, que assumiu a concessão de energia. O que aqui é novo, acontece diariamente no Congresso Federal. 
Na reunião com os presidentes da Casal, Clécio Falcão, e da Arsal, Ronaldo Medeiros, conseguimos observar algumas coisas. Não existe uma equação ou instrução normativa para o reajuste da tarifa. Existe apenas uma relação custo/tarifa. A Casal apresenta a despesa, dizia quanto deveria ser a receita e a Arsal aprovava. São presidentes que fazem parte do mesmo governo.

Dificilmente, uma negaria o aumento para a outra. O presidente da Arsal afirmou que irá apresentar uma equação. Pelo menos, uma instrução normativa e que a ALE pode transformar em lei.

Você sabia que o débito acumulado da Casal, nos últimos anos, está sendo contabilizado na tarifa? O consumidor não contraiu nenhum débito, não é responsável, mas está pagando mais caro por isso. 2 vezes. Quando o estado usa o ICMS para pagar os débitos e quando paga a 4ª maior tarifa do país.

O passivo da Casal, ao contrário do que o governo anuncia, aumentou. Em 2017 foi 388 milhões e, em 2018, 420 milhões. A história do lucro não existe. 
Com a Equatorial, fizemos uma análise dos índices de continuidade. Números que mostram o tempo e o número de vezes que ficamos sem energia elétrica. Comparando, no site da Aneel (mesmo período 2018 e 2019), vemos que houve uma piora. O que nos deixa preocupados. Porém, é uma situação nova em AL: concessão pública sendo privatizada.

A empresa já chega com um aporte milionário. Investimentos que somarão 300 milhões até final de 2020. Sem contar com a diminuição da tarifa. O que está ruim é a relação com o consumidor. Foi uma das questões observadas, como a proibição de corte de energia nos finais de semana e feriado. O presidente nos disse que isso será observado. Além disso, a empresa anuncia mais que dobrará a mão de obra.

Estamos empenhados para acompanhar os serviços e os convites não param aí. Você pode acompanhar tudo nas redes sociais e por aqui.